Portal Destaque
menu
conteúdo principal

Notícias

24/09/2020
Saúde

Apresentada a análise técnica administrativa para implantação de leitos de UTI


Foi apresentado o relatório com análise técnica e financeira para a implantação de Unidade de Terapia Intensiva


O diretor-geral do Hospital Geral, da Fundação Universidade de Caxias do Sul, Sandro Junqueira, apresentou na noite desta quarta-feira, dia 23, no Espaço Cultural São José, a análise técnica administrativa para implantação de leitos de UTI no hospital Nossa Senhora de Fátima. Foi apresentado o relatório com análise técnica e financeira para a implantação de Unidade de Terapia Intensiva, o qual se divide em duas partes: Etapas para Habilitação da Unidade de Terapia Intensiva; e Levantamento de recursos físicos, humanos e financeiro. Este relatório é base para o processo de discussão e decisão com todos os segmentos da comunidade, considerando que as informações permitirão conhecimento e entendimento da capacidade técnica e de recursos para implantação da unidade.

Recurso necessários para Estrutura Física:

Em reunião realizada com a Direção e Presidência do hospital, foi nos informado que o hospital não possui área física adequada disponível para a implantação dos leitos de UTI. Importante ressaltar, que toda a estrutura hospitalar deve estar planejada conforme a RDC 50 e aprovada pela ANVISA, para posteriormente iniciar a reforma ou construção da unidade. Foi apresentado uma área nova (em cima da lavanderia) onde poderá ser construída a nova Unidade de Terapia Intensiva. Em parceria com a empresa de arquitetura “Marconi Souto -Arquitetura & Planejamento LTDA” referência em projetos hospitalares no Brasil, realizamos um estudo de um possível projeto de construção da UTI no local indicado pelo Hospital. Para construção desta unidade e baseado em valores de mercado, a Marconi Souto estima uma área construída de 360 m2 a um custo estimado de R$ 4.000,00/M2, o custo da obra ficará em torno de R$ 1.440.000,00.

Recursos para equipamentos médicos:

3 Oxímetro de Pulso Portátil - R$ 11.169,00

10Monitor Multiparamétrico para UTI  - R$ 223.950,00

10 Ventilador Pulmonar Pressométrico e Volumétrico - R$ 1.160.000,00

10 Cama Hospitalar Tipo Fawler Elétrica - R$ 158.470,00

10 Bolsa Pressurizadora Ziper 1000ml C/ Pera e Manômetro - R$ 5.900,00

5 Cufômetro - R$ 12.125,00

52 Bomba de Infusão - R$ 546.000,00

Enxoval R$ 20.000,00

Custo Total: R$ 2.137.614,00

Levantamento de Custos:

Estrutura Física - R$ 1.400.000,00

Equipamentos - R$ 2.137.614,00

Custeio mês - R$ 651.992,00

Serviços complementares que devem ser disponibilizados:

Os seguintes recursos assistenciais deverão ser garantidos no hospital por meios próprios ou terceirizados, com os seguintes serviços à beira do leito:

a) Assistência nutricional;

b) Terapia nutricional (enteral e parenteral);

c) Assistência farmacêutica;

d) Assistência clinica vascular;

e) Assistência clinica cardiovascular;

f) Assistência clinica neurológica;

g) Assistência clinica ortopédica;

h) Assistência clinica urológica;

i) Assistência clinica gastroenterológica;

j) Assistência clinica nefrológica, incluindo hemodiálise;

k) Assistência clinica hematológica;

l) Assistência clinica hemoterápica;

m) Assistência clinica oftalmológica;

n) Assistência clinica otorrinolaringológica;

o) Assistência clinica de infectologia;

p) Assistência clinica cirúrgica geral;

q) Assistência clinica ginecológica;

r) Assistência odontológica;

s) Assistência de terapia ocupacional;

t) Assistência social;

u) Assistência endocrinológica;

v) Serviço de radiografia móvel;

w) Serviço de endoscopia digestiva alta e baixa;

x) Serviço de fibrobroncoscopia;

y) Serviço de eletroencefalografia; e

z) Capacidade de comprovação de morte encefálica.

 

CONSIDERAÇÕES TÉCNICO ADMINISTRATIVO:

1) Para viabilidade do investimento, considerando que para o custeio de UTI Adulto o SUS remunera 22,76% do custo mensal, a instituição precisará buscar fonte de recurso próprio para equilíbrio econômico financeiro;

2) Para a instituição habilitar a Unidade de Terapia Intensiva primeiramente deve ofertar no mínimo 60 leitos ( atualmente temos 53 leitos);

3) Com a habilitação dos leitos de UTI, a instituição terá a possibilidade de realizar procedimentos de Alta Complexidade, ampliando a aproximação com operadoras de plano de saúde;

4) Com a modernização da estrutura, a instituição aumentará as oportunidades de negócios;

5) Com o atendimento em outras especialidades e habilitação na Unidade de Terapia Intensiva, a instituição ampliaráa qualificação do atendimento e de estrutura.

 

https://www.floresdacunha.rs.gov.br/UPLarquivos/24092020110613.pdf

https://www.floresdacunha.rs.gov.br/UPLarquivos/24092020110614.pdf

https://www.floresdacunha.rs.gov.br/UPLarquivos/24092020110616.pdf


NOTÍCIAS RELACIONADAS
Carteirinha
21-10-2020

Município de Flores da Cunha passa a confeccionar carteirinha para atendimento prioritário para pacientes com fibromialgia

A partir da segunda-feira, dia 26, a P...

VER NOTÍCIA
20200929121621
19-10-2020

Últimos dias da Campanha contra a Poliomielite e Multivacinação em Flores da Cunha

A Campanha Nacional de Vacinaç&at...

VER NOTÍCIA
20201013090953
16-10-2020

Ocorre neste sábado o Dia D da Campanha contra a Poliomielite e Multivacinação em Flores da Cunha

Ocorre neste sábado, dia 17, o Di...

VER NOTÍCIA
Sem Título-1
13-10-2020

Campanha contra a Poliomielite e Multivacinação terá ‘Dia D’ neste sábado em Flores da Cunha

Ocorre neste sábado, dia 17, o Di...

VER NOTÍCIA
20200929121621
05-10-2020

Inicia a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação

Iniciou nesta segunda-feira, dia 05, a C...

VER NOTÍCIA
20180820110315
29-09-2020

Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação inicia na próxima semana

O município de Flores da Cunha ...

VER NOTÍCIA