menu
conteúdo principal

Atrativos Turísticos

Casarão dos Veronese

O principal símbolo arquitetônico da imigração italiana na cidade, e um dos únicos do Rio Grande do Sul, foi restaurado com recursos provenientes da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (LIC), com patrocínio das empresas Florense e Keko. A Prefeitura Municipal participou com investimento de aproximadamente R$ 3 milhões.

O projeto do arquiteto Edegar Bittencourt da Luz propôs adequações ao projeto original elaborado em 2008, uma vez que pela passagem do tempo e com o aumento da degradação do prédio, algumas se tornaram defasadas e tecnicamente inadequadas.

Foram buscadas soluções para o avançado processo de deterioração da alvenaria de pedra e barro, que apresentava perigo de desmoronamento. Outros dados técnicos obtidos a partir da atualização dos levantamentos e diagnóstico das patologias da construção, bem como das normas edilícias e de prevenção que passaram a vigorar nos últimos anos, como aquelas vinculadas à acessibilidade e prevenção de incêndio. A nova proposta foi aprovada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado – IPHAE.

A nova solução estrutural conta com cobertura metálica e vidros, evitando a sobrecarga de um telhamento em telha de barro. Como a edificação não possuia mais o telhado, a avaliação foi de que não deveria ser feita uma imitação das telhas de barro, mas construir uma nova cobertura, em estilo contemporâneo, atendendo as cartas patrimoniais no âmbito internacional. 

Visitação:
- Terça, quinta e sexta-feita - das 08 às 11h45min e das 13h15min às 17 horas

- Sábado - das 10 às 11h45mim e das 13h15min às 17 horas

- Domingo - das 10h45min às 11h45min e das 13h15min às 16h30min