menu
conteúdo principal

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)

Voltar para Saúde

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atende 24 horas por dia urgências e emergências de natureza traumática, pediátrica, ginecológica, obstetrícia e de saúde mental.Todo atendimento é realizado por profissionais da área de saúde, capacitados para agir em situações de urgências e emergências. Ao discar 192, você será atendido por uma central de regulação do SAMU-RS, que conta com profissionais de saúde e médicos treinados para dar orientações de primeiros socorros por telefone. São estes profissionais que definem o tipo de atendimento e equipe adequada para cada caso.

A chamada para o 192 será atendida pela equipe do SAMU estadual, sem interferência da Secretaria da Saúde de Flores da Cunha.O SAMU atende pacientes na residência, no local de trabalho, na via pública, nas escolas, ou seja, através do telefone 192 o atendimento chega ao usuário onde ele estiver. A equipe presta atendimento já no local e no menor tempo possível, salvando vidas e diminuindo riscos. O programa oferece direcionamento para o serviço de saúde mais próximo e adequado a cada caso.

 

CHAME O SAMU PARA:

- Acidentes / traumas com vítimas;

- Choque elétrico;

- Falta de ar intensa;

- Suspeita de Infarto ou AVC (alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial são os sintomas mais comuns);

- Afogamentos e engasgo;

- Intoxicação ou queimaduras graves;

- Trabalhos de parto em que haja risco de morte para a mãe e para o feto;

- Tentativas de suicídio;

- Urgências psiquiátricas;

- Vítima inconsciente;

- Em casos de intoxicação exógena ou envenenamento;

- Na ocorrência de maus tratos;

- Crises hipertensivas; dores no peito de aparecimento súbito;

- Acidentes com produtos perigosos;

- Agressão por arma de fogo ou arma branca;

- Soterramento, Desabamento;

- Crises Convulsivas;

- Na transferência inter-hospitalar de doentes graves;

- Outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

 

NÃO CHAME O SAMU PARA:

- Febre prolongada;

- Dores crônicas;

- Vômito e diarréia;

- Levar pacientes para consulta médica ou para realizar exames;

- Transporte de óbito;

- Dor de dente;

- Transferência sem regulação médica prévia;

- Trocas de sonda;

- Corte com pouco sangramento,

- Entorses;

- Cólicas renais;

- Transportes inter-hospitalares de pacientes de convênio;

- Todas as demais situações onde não se caracterize urgência ou emergência médica.